Mundo Notícias

Primeiro sacerdote mártir de ‘Amoris Laetitia’ concede entrevista

Escrito por Amor Mariano

Segundo se informa aqui, o Pe. Luis Carlos Uribe Medina teria concedido ao vivo uma entrevia ontem, quarta-feira dia 25 no portal católico TELEAMIGA.

O primeiro mártir da mais ousada imposição da “nova” Igreja da adaptação, Pe. Luis Carlos, foi suspenso pelo bispo de Pereira, Colômbia, Monsenhor Rigoberto Corredor porque “expressou pública e privadamente sua rejeição aos ensinos doutrinais e pastorais do Santo Padre Francisco, principalmente com respeito ao Matrimônio e a Eucaristia”. Segundo fontes fiáveis, os ensinos doutrinais e pastorais não são outros que as novas normas que permitem aos adúlteros permanecer em pecado e comungar derivadas de Amoris laetitia. Segundo seu bispo, sua postura e suas ideias em resistir a oferecer o Preciosíssimo Corpo de Nosso Senhor a adúteros impenitentes são “contrárias à fé católica”.

Portanto, este é o primeiro sacerdote mártir de ‘Amoris Laetitia’, vítima de seu próprio bispo simplesmente por sustentar e permanecer, conforme o mandato de Cristo, no ensino e na prática que a Igreja Católica sempre sustentou por dois mil anos em relação ao pecado impenitente e os Sacramentos do Matrimônio, da Penitência e da Eucaristia.

Em razão dos diferentes horários geográficos, o site Como Vara de Almendro se prontificou a disponibilizar o vídeo. Até o momento da presente postagem o vídeo ainda não tinha sido disponibilizado.

Nesta mesma página você ainda poderá expressar o seu apoio e incentivo ao Pe. Luis Carlos, além de exercer a caridade de inclui-lo em suas orações diárias.

_____________________

Fonte: www.sensusfidei.com.br

Sobre o autor

Amor Mariano