• Pe. Fábio de Melo: ” POR QUÉ NO TE CALLAS”? Data da Postagem: 28 jan 2014 | Autor: Ataíde | Comentários: 19 Comentários
  • Print Friendly

     

    Amor Mariano: Mais uma do Padre Fabio de Melo. Rezemos por esse sacerdote que se deixou seduzir pelo mundo, e hoje é um grande perigo para as almas! Vejam como ele trata a Santíssima Virgem Maria, como se fosse uma “Maria” qualquer, como se não fosse nossa Rainha e Senhora! Muito me entristece ver um Sacerdote falando dessa maneira.  Rezemos, pois o fim é próximo!

     

    Caríssimos, Salve Maria!

    É lamentável escutar o que o Pe. Fábio de Melo diz sobre a devoção à Nossa Senhora. Dias atrás ele, em programas que jamais deveria participar defendeu heresias, quando afirmou que “Cristo queria o Reino de Deus e nós só conseguimos lhe dar a Igreja” Não vou entrar aqui em suas colocações péssimas sobre Lei Divina Positiva e lei civil e questões de moralidade cristã. É verdade que depois da polêmica ele veio, em seu blog, se retratar; uma retratação “não-sei-que, mas, porém, todavia”, como é próprio dos modernistas. Agora ele investe contra Nossa Senhora e o culto mariano. Esse padre, apesar de esboçar seus títulos em sua “retratação-mas, mas”, parece desconhecer a doutrina da Igreja quanto à devoção mariana, ou o que os santos escreveram, sobretudo São Luis G. de Montfort em sua grande obra ” Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem” e “Glórias de Maria”, de Santo Afonso de Ligório.

    O vídeo acima foi postado pelos protestantes que usando o argumento “fabiano”, vão divulgar mais e mais suas heresias e ódio contra Nossa Senhora sob o pretexto de que “Pe. Fábio de Melo, disse”.

    Recebi um comentário de alguém sobre o assunto muito lúcido:

    “Parece que ultimamente o pe. Fábio de Melo está se esforçando mais para fazer companhia ao pobre “padre Beto”.

    Impossível ouvir a fala dele e não lembrar do “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”, em que S. Luís condena posições praticamente idênticas à fala desse padre — se não me engano é a falsa devoção do tipo “escrupulosa”, que nega a devoção devida a Nossa Senhora sob o pretexto de não colocá-la acima de Nosso Senhor, como se uma coisa fosse oposta à outra.

    E, em outro ponto, S. Luís lembra que um traço comum a todos os santos é a extrema devoção a Nossa Senhora, e um traço comum a todos os hereges é o ódio (ou indiferença, não lembro exatamente) que eles têm por Maria Santíssima.”

    Ao Padre Fábio de Melo eu diria o que disse o Rei da Espanha ao falador da Venezuela: ” “Por qué no te callas?”

    Pe. Marcélo Tenorio
    Fonte: www.padremarcelotenorio.com

     

     

    • Ana Maria

      Esse padre Favo de Mel fala como um protestante. Até quando o Senhor vai suportar o descaso com a Santíssima Virgem?

    • Pedreira

      Diante destas declarações expressar por esse Sacerdote que deveria zelar pelo pureza da Sã Doutrina, convém recorremos a revelação da palavra de Deus neste tempo de grande tribulação:

      Meus filhinhos,
      é chegada a última hora.
      Ouvistes anunciar que vem um anticristo;
      pois agora, muitos anticristos estão aí;
      nisto reconhecemos que é a última hora.
      Do nosso meio é que saíram,
      mas não eram nossos.
      Pois se fossem nossos,
      conosco teriam permanecido.
      Mas era preciso que se manifestasse que eles todos não são nossos. ( I JOÃO 2,18-19)

    • Maria

      Ah! ANA MARIA NUNES/ANA MARIA SOUSA…não sabemos até quando DEU suportará FABIO DE MELO ensinando erradamente a Doutrina Cristã! Pena que há outros Sacerdotes fazendo isso! Oremos por todos eles! Amém!

    • Maria

      Até quando DEUS aguentará FABIO DE MELO??????…Não sabemos! Oremos por ele!

      • Paulo Cesar

        Até quando? Eu sei a resposta! Até o dia em que o desvairado padre morrer e apresentar para Deus os frutos de sua obra, a saber:

        1) Conversões ao catolicismo por conta da RCC.

        2) Um pen drive contendo uma cópia de sua entrevista à Marília Gabriela onde ele fala que os homens só conseguiram dar a Igreja para Cristo.

        3) Uma cópia do livro “Cartas Entre Amigos” onde ele diz que na Eucaristia está o “sugestivo significado de ausência” de Cristo.

        4) Seus livros de grande profundidade teológica e seus maravilhosos CDs de música secular. Detalhe: autografados!

        Fabio de Melo não é o único lobo em pele de cordeiro. Tem muito padre midiático por aí que diz uma coisa e faz outra!

        Vocês querem conhecer um padre verdadeiramente fiel e temente à Deus? Procurem nas paróquias do interior, pois não os encontrarão nos palcos do mundo, diante dos holofotes ou na internet.

        Eu conheço um padre assim, que celebra Missas em uma esquecida paróquia do interior de Minas Gerais, Brasil. Ele gasta o pouco que recebe em sapatos e remédios para os pobres da paróquia. Não tem carro nem notebook. Almoça na casa dos paroquianos, cada dia em um lugar, onde é muito bem recebido.

        São de padres assim que a Igreja precisa. São padres que dão a própria vida como exemplo de um comportamento público e privado verdadeiramente cristão.

        De padres soberbos que atuam com falsa humildade, de padres que ensinam o magistério do diabo e faz desviar e perder seu rebanho, nós já estamos cheios.

        Presumo que o inferno também esteja repleto de padres soberbos (midiáticos), avarentos (acumuladores de riquezas), luxuriosos (que desprezam a castidade) e preguiçosos (que não ouvem confissões por falta de tempo).

        Tem padre que tem pavor de pobre, só estão presentes em seus vazios discursos, nunca em suas mesas.

        Estamos atravessando dias difíceis, entretanto previstos no Apocalipse.

        Deus nos dê força para defender Sua Igreja e honrar o sangue por nós derramado na cruz por Nosso Senhor Jesus Cristo.

        ====================================================================
        41 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;

        42 Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;

        43 Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.

        44 Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?

        45 Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.

        46 E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.
        (Mateus 25 41:46)
        =====================================================================

    • amormariano

      A paz Manoel !

      A Bíblia não é interpretada conforme a cabeça de quem lê. Isso são os protestantes que fazem, desde a reforma protestante em 1517. Desde a origem dos cristianismo, quem tem a autoridade para interpretar as sagradas escrituras, são aqueles que Jesus escolheu, sob a liderança de São Pedro. Nesses está a Unção do Espírito Santo, cuja doutrina católica está estabelecida

      Salve Maria Santíssima

    • Christian

      São Luiz de Montfort deixa claro em seu Tratado da Verdadeira devoção à
      Santíssima Virgem, que esse Favo de Mel não passa de um FALSO devoto. Para mim,
      os títulos merecidos por esse inimigo da MÃE DE DEUS são piores e vão muito mais
      além do que somente falso devoto, mas por hora é melhor deixar São Luiz
      falar…

      1º Os devotos críticos
      93. Os devotos críticos São, em geral, sábios orgulhosos, espíritos fortes e
      presumidos, que tem no fundo uma certa devoção a Santíssima Virgem, mas que
      vivem criticando as práticas de devoção que a gente simples tributa de boa fé e
      santamente a esta boa Mãe, pelo fato de estas devoções não agradarem a sua
      culta fan­tasia.

      2° Os devotos escrupulosos
      94. Os devotos escrupulosos São
      aqueles que receiam desonrar o Filho, honrando a Mãe, e rebaixá-Lo se A
      exaltarem demais. Não podem suportar que se repitam a Santíssima Virgem aqueles
      louvores justíssimos que lhe teceram os Santos Padres; não suportam sem
      desgosto que a multidão ajoelhada aos pés de Maria Santíssima seja maior que
      ante o altar do Santíssimo Sacramento, como se fossem antagônicos, e como se os
      que rezam a Santíssima Virgem não rezassem a Jesus Cristo por meio dela. Não
      querem que se fale tão freqüentemente da Santíssima Virgem, nem que se recorra
      tantas vezes a Ela. Algumas frases eles as repetem a cada momento: Para que tantos terços, tantas confrarias e devoções exteriores a Santíssima Virgem? Vai nisso muito de ignorância!…

      Agora, para os que se dizem católicos, mas não conhecem Maria Santíssima, deixo alguns
      trechos do mesmo livro para que tenham uma pequena idéia de quem é a Mãe de
      Deus. Se mesmo assim alguém discordar, suba ao Céu e discuta com o Santo que
      escreveu, ou se cale, ou então se prepare para as conseqüências que certamente
      virão e serão terríveis!

      22. Deus Pai ajuntou todas as águas e denominou-as mar; reuniu todas as suas graças e
      chamou-as Maria.i Este grande Deus tem um tesouro, um
      deposito riquíssimo, onde encerrou tudo que há de belo, brilhante, raro e precioso,
      ate seu próprio Filho; e este tesouro imenso é Ma­ria, que os anjos chamam o
      tesouro do Senhor”, e de cuja plenitude os homens se enriquecem.

      23. Deus Filho comunicou a sua Mãe tudo que adquiriu por sua vida e morte: seus méritos
      infinitos e suas virtudes admiráveis. Fê-la tesoureira de tudo que seu Pai lhe
      deu em herança; e por Ela que Ele aplica seus méritos aos membros do corpo místico,
      que comunica suas virtudes, e distribui suas graças; é Ela o canal misterioso,
      o aqueduto, pelo qual passam abundante e docemente suas misericórdias.

      24. Deus Espírito Santo comunicou a Ma­ria, sua fiel esposa, seus dons inefáveis, escolhendo-A para dispensadora de tudo que Ele possui. Deste modo Ela distribui seus dons e suas graças a quem quer, quanto quer, como quer e quando quer, e dom nenhum é concedido aos homens, que não passe por suas mãos virginais. Tal e a vontade de Deus, que tudo tenhamos por
      Maria e assim será enriquecida, elevada e honrada pelo Altíssimo, aquela que,
      em toda a vida, quis ser pobre, humilde e escondida ate ao nada. Eis a opinião
      da Igreja e dos Santos Padres.

      E agora me vem um fulaninho famoso e pop star com seu colarinho engomado mais parecendo sei lá o que, com um blá, blá, blá protestante, ofender Aquela que nos deu o próprio Amor, Jesus! Ah! Não precisa muito pra saber a serviço de quem esse cara está. Uma coisa eu digo, de
      Jesus não é, senão ele pensaria mil vezes em desmerecer e menosprezar Sua Mãe.

    • amormariano

      A paz Paloma !

      Infelizmente, você está contaminada pela doutrina protestante, e tem cuspido na doutrina que a Igreja Católica conservou ao longo de simplesmente 2000 anos. Mas como o diabo odeia a Igreja ele lança esses venenos com essas mentiras dizendo que os católicos adoram imagens, para agradar os protestantes. A Igreja nunca ensinou os fiéis adorarem a Virgem Maria, e sim, amá-la intensamente, porque Deus deu para Ela autoridade sobre nós, afinal de contas ela é Mãe. Uma Mãe perfeita, que faz tudo pela salvação eterna de seus filhos. Veja tantas aparições pelo mundo afora, com tantos milagres registrados, tantos sinais miraculosos para convencer os cegos, como você. Essa doutrina que você está defendendo em conjunto com o Pe Fábio de Melo, não é a doutrina Católica, isso vem de satanás que quer destruir a Igreja Católica, mas não conseguirá, pois Jesus já decretou que as portas do inferno não prevalecerão.

      Jesus nos ensinou uma doutrina de Santidade, você que está querendo dar aula deve saber disso não é mesmo ? Leia as cartas de São João, as cartas de São Paulo. Todas são taxativas contra o homossexualismo, o sexo fora do casamento. O padre Fábio parece que não sabe disso, pois vive fazendo afirmações contrárias, não é mesmo?

      Depois dos shows do padre, o palco fica abarrotado de peças íntimas, isso também não é ensinamento de Jesus !

      Estamos unidos em oração, com toda milícia celeste, para que Deus Pai envie o Espírito Santo sobre os corações cegados pelo pecado.

      Salve Maria Santíssima

      • Julia Martins

        Concordo PLENAMENTE COM VC!!! Faço minhas suas palavras… Vim nesse blog e tudo que vejo são palavras de ódio pelo padre… Deixem ele em paz. Tb me afastei da igreja pq a igreja deixam as pessoas na ignorância para não perder fiéis… Um padre bem idoso me disse uma vez… “Se a igreja banir as imagens, ela perde fiéis.. Então deixe elas acreditarem nos santos, mal não vai fazer…” Imagina como fiquei orgulhosa de saber disso né?? Por isso não vou na igreja.. Não gosto de imagens, creio em Deus.. Admiro Maria, assim como admiro todos os santos …. Mas não costumo pedir para santos, converso sempre com meu pai, meu amor, meu idolatrado, meu criador… E só ele quem tem autoridade na minha vida…

    • Gilberto

      É de se estranhar suas afirmações. Um padre não deveria agir contra uma doutrina de mais de 2000 anos! Lutero começou assim. Eu sou ex-protestante, no final do ano passado voltei a verdadeira Igreja de Cristo, a Católica Apostólica Romana. Eu tenho uma medalha de nossa Senhora da Rosa Mística, revelada à vidente Pierina Gilli – Italia – 19 de maio de 1970 e não sou idólatra, pois, amo nossa Senhora e ADORO SOMENTE A DEUS. Sempre uso esta medalha. Amo nossa Senhora Mãe de Deus. Christian, estou lendo o Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem.

      Segue mensagem de Nossa Senhora, sobre a medalha, a Pierina Gilli:

      “Faça cunhar uma medalha segundo este modelo: de um lado “Rosa Mystica” e do outro “Maria Mater Ecclesiae”. Eu fui enviada pelo Senhor, que escolheu Montichiari para trazer o dom do Seu amor, o dom da Fonte da Graça e o dom da Medalha do meu amor maternal.Vou intervir na divulgação desta medalha como um símbolo da caridade universal. Meus filhos que me levarem sobre seus corações em todo lugar eu lhes prometo minha proteção maternal cheia de graças, neste momento que querem destruir a veneração tributada a mim. Esta medalha é um sinal de que meus filhos estão sempre comigo. Eu sou a Mãe de Deus e Mãe da Humanidade. Este é o triunfo do amor universal.A bênção do Senhor e minha proteção sempre estará com aqueles que recorrerem a mim.”

      Fonte: http://mensageiradapaz.org/medalha-rosa-mistica.html

    • Gilberto

      Amém

    • amormariano

      Mais um contaminado pela doutrina dos hereges.

      Assim vemos que depois do Concílio Vaticano II, o diabo penetrou dentro do Vaticano, através dessa doutrina que ele, o diabo criou, o protestantismo. Fundado em 1517, cheio de contradições, por uma pessoa desequilibrada, e que conduziu muitos a perdição eterna.

      Ainda bem que aqueles que tem bom senso, sabem que a doutrina que herdamos dos apóstolos ainda permanece imutável, porém é combatida por satanás e seus asseclas.

      REzamos para que esse padre, bem como todos os protestantes, se arrependam por combater aquela que é a mulher do Apocalipse. Ela que esmaga a cabeça da serpente infernal.

      Aliás, como todo protestante, você sabe decorada algumas passagens isoladas da Bíblia, não é mesmo Claudio Jose?

      Quem sabe você medita nos trechos abaixo:

      “Como viesse a faltar vinho, a mãe de Jesus disse-lhe: “Eles já não têm vinho”. Respondeu-lhe Jesus: “Mulher, isso compete a nós? Minha hora ainda não chegou”. Disse, então, sua mãe aos serventes: ‘Fazei o que ele vos disser’.Ora achavam-se ali seis talhas de pedra para as purificações dos judeus, que continham cada qual duas ou três medidas. Jesus ordena-lhes: ‘Enchei as talhas de água”. Eles encheram-nas até em cima. ‘Tirai agora’ – Disse-lhes Jesus – ‘e levai ao chefe dos serventes’. ”[...] (João 2,3-8)

      AQUI JESUS ANTECIPA SUA HORA, NÃO CARO CLAUDIO JOSE?

      Maria era virgem antes da gravidez, permaneceu virgem durante a gravidez, e continuou virgem após dar a luz a Jesus. A Palavra de Deus vai nos dizer: “Despertando, José fez como o anjo do Senhor lhe havia mandado e recebeu em sua casa sua esposa. E, sem que ele a tivesse conhecido, ela deu à luz o seu filho, que recebeu o nome de Jesus.” (Mateus 1,24-25)

      Nossa Senhora tem sim outros filhos, mas estes somos nós humanidade pecadora. Nós obtivemos a filiação divina por Jesus Cristo; assim nos tornando filhos de Deus. E da mesma maneira, por Cristo, nos tornamos filhos de Maria. Se temos um Pai que esta no céu que é o Criador de todas as coisas, temos também uma mãe que foi terrena e criatura desse Pai. Preste muita atenção na seguinte Passagem e nas Santas palavras de Jesus: “Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena. Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: “Mulher, eis ai teu filho”. Depois disse ao discípulo: “Eis aí tua mãe”. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa.” (João 19,25-27)– Eis explicitamente a maternidade de Maria para conosco. Foi Jesus quem nos Deu Maria como mãe, ou seja, é de Deus! Você Católico, protestante, espírita, macumbeiro, judeu, ateu, etc: MARIA É SUA MÃE! QUER QUEIRA, QUER NÃO; MAS ELA É SUA MÃE PORQUE JESUS ASSIM O QUIS. Agora você pode ter uma atitude divergente da do discípulo não a levando para casa. Eu tenho Maria como mãe porque quero fazer a vontade de Jesus, e imitar o que fazia os seguidores reais de Jesus; assim como diz São Paulo na Primeira Carta aos Coríntios no capítulo 11 versículo 1: “Tornai-vos os meus imitadores, como eu o sou de Cristo.” Se o discípulo aceita Maria como Mãe, eu o aceito pois imito quem imita Jesus Cristo.

      Maria era uma mulher que temia a Deus e fazia Sua vontade sempre. E se Maria tivesse dito não? E se Maria junto com São José não tivessem educado Jesus corretamente e não o tivesse protegido? É a coisa estaria quente! Mas Maria além de fazer a vontade de Deus, O louva e O bendiz. Veja em Lucas 1,46-56 uma bela de uma oração que Maria faz. Aliás, uma bela de uma canção, o Magnificat. E se São Paulo diz que devemos imitá-lo pois estaremos imitando a Cristo, eu quero imitar Maria minha mãe, pois estarei sendo o servo do Senhor que fará a Sua vontade. E mais uma coisinha contida no Magnificat: “Por isso, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações”.(Lucas 2,48) – Se é TODAS as gerações porque essa meio que a “despreza”. E lhe proclamarão bem-aventurada, e não “bem-endeusada”, é diferente. Pois ninguém coloca Maria acima da Santíssima Trindade.

      Maria é a mulher do Gênesis ao Apocalipse! “Uma Mulher revestida de sol, a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas. Ela deu à luz um Filho, um menino, aquele que deve reger todas as nações pagãs com cetro de ferro” (Ap 12, 1). Quem usa coroa, senão uma rainha? Maria é Rainha do Céu e da Terra!

      Satanás tem ódio de Maria, de sua obediência, de sua humildade! “E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra contra os seus descendentes, os que guardam os mandamentos de Deus, e mantêm o testemunho de Jesus” (Ap 12,17). Ele sabe que não tem forças contra Deus ou Maria, por isso nos ataca, nós, os descendentes d’Ela, que seguimos os mandamentos de Deus. Maria passa à nossa frente, nos defendendo, pois “Vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa devorar” (I Pe 5,8). Somos vencedores com Maria pela Ressurreição de Jesus, pois somos a Igreja de Cristo e “as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16,18).

      Levemos Maria para casa, pois o Leão tem medo de Maria! Maria é guerreira! Na Guerra espiritual o inimigo sabe que Maria é vitoriosa com Jesus.

      Defendamos nossa Mãe. Quem ao ouvir falar de sua mãe não a defende? Defendemos Maria de duas maneiras: com uma arma muito forte, a oração do Rosário; e fazendo que mais filhos tornem-se devotos de Nossa Senhora. Rezemos mais o terço e consagremos nossas vidas a Nossa Senhora!

    • amormariano

      as respostas para esse comentário fundamentado em trechos isolados da Bíblia estão abaixo. CONVERTA-SE SEU HEREGE

    • amormariano

      A RESPOSTA ESTÁ ABAIXO

    • Clementina

      Sou católica creio e tenho muita fé em NOSSA SENHORA. AVE MARIA CHEIRA DE GRAÇA!

    • Clementina

      Sou católica creio e tenho muita fé em NOSSA SENHORA. AVE MARIA CHEIA DE GRAÇA!

    • Freitas

      Por favor,”Padre “Fabio de Melo,já que é assim que o senhor pensa,não precisa vim ao círio de Nossa Senhora de Nazaré (Belém-Pará)e fazer homenagens,musicas e chorar rios por ela…O povo Paraense não precisa de tanta hipocrisia,muito menos Maria,por mim o senhor não pisaria mais aqui. Musica:”porta do céu” “Círio outra vez” “Eu sou de lá”…que contradição.E essas lagrimas,FALSAS!!!! Falem o que quiserem,o Círio de Nossa Senhora de Nazaré continuará vivo.CREIO EM JESUS CRISTO o Filho de Deus,Creio em Maria a Mãe do Salvador!!!!

    • Marcel Stange

      Manoel. Não percebe que é muito pelo contrário?
      Maria foi duplamente exaltada.
      Primeiro por ser Mãe de meu Senhor.
      E em seguida, Nosso Senhor mostra que, ela é mais exaltada AINDA pois Ela antes de mais ninguém OBEDECE A DEUS!
      Jesus quis assim dizer, que ela é EXALTADA MAIS AINDA POR TER OBEDECIDO O SENHOR: “FAÇA-SE EM MIM SEGUNDO A VOSSA PALAVRA”.

      Antes de ser reconhecida por ser o ventre que gerou Jesus Cristo, ela é mais reconhecida por Deus por ter sido a mais humilde e obediente serva. A maior serva de Deus!

    • Marcel Stange

      CATÓLICO NÃO ADORA MARIA. VENERAMOS, A HONRAMOS, COMO MÃE DE MEU SENHOR!

      Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.
      Digo, entretanto, que, supostas as coisas como são, já que Deus quis começar e acabar suas maiores obras por meio da Santíssima Virgem, depois que a formou, é de crer que não mudará de conduta nos séculos dos séculos, pois é Deus, imutável em sua conduta e em seus sentimentos.
      Deus Pai só deu ao mundo seu Unigênito por Maria. Suspiraram os patriarcas, e pedidos insistentes fizeram os profetas e os santos da lei antiga, durante quatro milênios, mas só Maria o mereceu, e alcançou graça diante de Deus, pela força de suas orações e pela sublimidade de suas virtudes. Porque o mundo era indigno, diz Santo Agostinho, de receber o Filho de Deus diretamente das mãos do Pai, ele o deu a Maria a fim de que o mundo o recebesse por meio dela.

      Jesus Cristo é o fim último da devoção à Santíssima Virgem

      Jesus Cristo, nosso salvador, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, deve ser o fim último de todas as nossas devoções; de outro modo, elas serão falsas e enganosas. Jesus Cristo é o Alfa e Omega, o princípio e o fim de todas as coisas.

      Nós só trabalhamos, como diz o apóstolo, para tornar todo homem perfeito em Jesus Cristo, pois é em Jesus Cristo que habita toda a plenitude da Divindade e todas as outras plenitudes de graças, de virtudes, de perfeições; porque nele somente fomos abençoados de toda a bênção espiritual; porque é nosso único mestre que deve ensinar-nos, nosso único Senhor de quem devemos depender, nosso único chefe ao qual devemos estar unidos, nosso único modelo, com o qual devemos conformar-nos, nosso único médico que nos há de curar, nosso único pastor que nos há de alimentar, nosso único caminho que devemos trilhar, nossa única verdade que devemos crer, nossa única vida que nos há de vivificar, e nosso tudo em todas as coisas, que deve bastar-nos.

      Abaixo do céu nenhum outro nome foi dado aos homens, pelo qual devamos ser salvos. Deus não nos deu outro fundamento para nossa salvação, nossa perfeição e nossa glória, senão Jesus Cristo. Todo edifício cuja base não assentar sobre esta pedra firme, estará construído sobre areia movediça, e ruirá fatalmente, mais cedo ou mais tarde. Todo fiel que não está unido a ele, como um galho ao tronco da videira, cairá e secará, e será por fim atirado ao fogo. Fora dele tudo é ilusão, mentira, iniqüidade, inutilidade, morte e danação. Se estamos, porém, em Jesus Cristo e Jesus Cristo em nós, não temos danação a temer; nem os anjos do céu, nem os homens da terra, nem criatura alguma nos pode embaraçar, pois não pode separar-nos da caridade de Deus que está em Jesus Cristo. Por Jesus Cristo, com Jesus Cristo, em Jesus Cristo, podemos tudo: render toda a honra e glória ao Pai, em unidade do Espírito Santo e tornar-nos perfeitos e ser para nosso próximo um bom odor de vida eterna.

      Se estabelecermos, portanto, a sólida devoção à Santíssima Virgem, teremos contribuído para estabelecer com mais perfeição a devoção a Jesus Cristo, teremos proporcionado um meio fácil e seguro de achar Jesus Cristo. Se a devoção à Santíssima Virgem nos afastasse de Jesus Cristo, seria preciso rejeitá-la como uma ilusão do demônio. Mas é tão o contrário, que, como já fiz ver e farei ver, ainda, nas páginas seguintes, esta devoção só nos é necessária para encontrar Jesus Cristo, amá-lo ternamente e fielmente servi-lo.
      As páginas eloqüentes que seguem são tiradas quase exclusivamente da Sagrada Escritura. Cf., p. ex., Ap 1, 8; Cl 2, 8; Mt 23, 10; Jo 13, 13; 1Cor 8, 6; Cl 1, 18; Jo 13, 15; 10, 16; 14, 6; At 9, 12; 1Cor 3, 11; Mt 7, 26-27; Jo 15, 6; Rm 8, 38-39; etc.

      O Espírito Santo, foi fecundo em Maria. É com ela, nela e dela que ele produziu sua obra-prima, de um Deus feito homem, e que produz todos os dias, até ao fim do mundo, os predestinados e os membros do Corpo deste Chefe adorável. Eis por que, quanto mais, em uma alma, ele encontra Maria, sua querida e inseparável esposa, mais operante e poderoso se torna para produzir Jesus Cristo nessa alma, e essa alma em Jesus Cristo.

      A conduta das três pessoas da Santíssima Trindade, na encarnação e primeira vinda de Jesus Cristo, é a mesma de todos os dias, de um modo visível, na Igreja, e esse procedimento há de perdurar até à consumação dos séculos, na última vinda de Cristo.

      Pois que a graça aperfeiçoa a natureza e a glória aperfeiçoa a graça, é certo que Nosso Senhor continua a ser, no céu, tão Filho de Maria, como o foi na terra. Por conseguinte, ele conserva a obediência do mais perfeito dos filhos para com a melhor das mães. Cuidemos, porém, de não atribuir a essa obediência o menor abaixamento em Jesus Cristo. Maria está infinitamente abaixo de seu Filho, que é Deus, e, portanto, não lhe dá ordens, como uma mãe terrestre as dá a seu filho. Ela o pede com extrema humildade. E ele obedece com o maior amor de um filho. Ele honra o Pai e a mãe, assim como pediu que nós honremos nossos pais e mães no quarto mandamento.

      Ele não resiste nunca às súplicas de sua Mãe, porque ela é sempre humilde e conformada à vontade divina.
      Se Moisés, pela força de sua oração, conseguiu sustar a cólera de Deus contra os israelitas, e de tal modo que o altíssimo e infinitamente misericordioso Senhor lhe disse que o deixasse encolerizar-se e punir aquele povo rebelde. Que devemos pensar, com muito mais razão, da prece da humilde Maria, a digna Mãe do Senhor, que tem mais poder junto da Majestade divina, que as preces e intercessões de todos os anjos e santos do céu e da terra?

      Deus Pai quer que aumente sempre o número de seus filhos, até a consumação dos séculos, e diz-lhes estas palavras: In Iacob inhabita – Habita em Jacob (Ecli 24, 13), isto é, faze tua morada e residência em meus filhos e predestinados, figurados por Jacob e não nos filhos do demônio e nos réprobos, que Esaú figura.

      Assim como na geração natural e corporal há um pai e uma mãe, há, na geração sobrenatural, um pai que é Deus e uma mãe, Maria Santíssima. Todos os verdadeiros filhos de Deus e os predestinados têm Deus por pai, e Maria por mãe.
      Por isso Nosso Senhor Jesus Cristo, em seu momento mais importante, na morte da cruz, diz a João, representando naquele momento a humanidade: “Filho, eis aí a tua mãe. Mulher, eis aí o teu filho.”.

      Por isso, os réprobos que odeiam ou olham com desprezo ou indiferença a Santíssima Virgem, não têm Deus por pai, ainda que disto se gloriem, pois não têm Maria por mãe. Se eles a tivessem por Mãe, haviam de amá-la e honrá-la, como um bom e verdadeiro filho ama e honra naturalmente sua mãe que lhe deu a vida.

      Assim como Maria gerou Jesus Cristo, ela também gera Jesus Cristo em nós.

      O sinal mais infalível e indubitável para distinguir um réprobo, de um predestinado, é que o réprobo ostentam desprezo e indiferença pela Santíssima Virgem e buscam por suas palavras e exemplos, abertamente e às escondidas, às vezes sob belos pretextos, diminuir e amesquinhar o amor a Maria. Ah! Não foi nestes que Deus Pai disse a Maria que fizesse sua morada, pois são filhos de Esaú.

      “Um grande número de homens nasceu nela”, diz o Espírito Santo: Homo et homo natus est in ea. Conforme a explicação de alguns Santos Padres o primeiro homem nascido em Maria é o homem-Deus, Jesus Cristo; o segundo é um homem puro, filho de Deus e de Maria por adoção. Se Jesus Cristo, o chefe dos homens, nasceu nela, os predestinados, que são os membros deste chefe, devem também nascer nela, por uma conseqüência necessária. Não há mãe que dê à luz a cabeça sem os membros ou os membros sem a cabeça: seria uma monstruosidade da natureza. Do mesmo modo, na ordem da graça, a cabeça e os membros nascem da mesma mãe, e, se um membro do Corpo Místico de Jesus Cristo, isto é, um predestinado, nascesse de outra mãe que Maria, que produziu a cabeça, não seria um predestinado, nem membro de Jesus Cristo, e sim um monstro na ordem da graça.

      Maria produziu, com o Espírito Santo, a maior maravilha que existiu e existirá – um Deus-homem; e ela produzirá, por conseguinte, as coisas mais admiráveis que hão de existir nos últimos tempos. A formação e educação dos grandes santos, que aparecerão no fim do mundo, lhe está reservada, pois esta Virgem singular e milagrosa pode produzir, em união com o Espírito santo, obras singulares e extraordinárias.

      Hb 9,11: Porém, já VEIO CRISTO, Sumo Sacerdote dos bens vindouros. E ATRAVÉS DE UM TABERNÁCULO MAIS EXCELENTE E MAIS PERFEITO, não construído por mãos humanas.

      JESUS veio por MEIO DE MARIA, o tabernáculo perfeito!

      Assim como Salomão e os sucessores do Trono de Davi coroaram suas respectivas mães como rainhas, o herdeiro deste mesmo trono, o filho de Davi, Nosso Senhor Jesus Cristo, coroou sua mãe Maria no Céu. E coroou no Céu, pois o reino Dele não é deste mundo. Um dos motivos de ter sido assunta aos Céus por Deus.

      Ap 12 – “E vi no Céu um grande sinal. Uma mulher vestida de sol. A lua sob seus pés. e uma coroa de 12 estrelas sobre sua cabeça”…

      Vamos portando ter este filial amor por Maria. Não recusemos a Mãe que Deus nos deu.

      Com certeza em nosso juízo perante o Justo Juiz isto será cobrado de nós.
      “Amaste minha querida mãe? Ou a desprezaste?”.