• OS GRITOS DO PROFETA JEREMIAS SÃO PARA OS DIAS DE HOJE Data da Postagem: 24 out 2012 | Autor: Mateus | Comentários: 0 comentário
  • Print Friendly

    Novamente trago alguns textos proféticos para meditação de todos, os que desejam ler, também meditar, porque estas mensagens são para nosso tempo, não somente porque a Palavra de Deus é Eterna e pode ser aplicada a muitas circunstâncias, também porque agora é o tempo auge delas, onde tudo caminha para um fim. Durante estes últimos três mil anos, Deus tem deixado tudo isso escrito em Sua Lei, entretanto chega o dia da justiça e ainda o povo está dormindo, coração de pedra, zombando dos sinais do céu, da terra, do Universo. Ontem veio uma reportagem, onde os cientistas falavam sobre as transformações incríveis que estão neste momento acontecendo no planeta Júpiter. Eles parecem detectar que o Planeta está incendiando. Mas veja que isso nós já colocamos em 2006 quando saiu a Edição do Novo Mateus, quando falamos sobre o Projeto Lúcifer, sobre uma bomba espantosa que os cientistas lá explodiram, exatamente para incendiar o planeta. Isso você não achará na internet, nem nas reportagens da Nasa, porque é tudo sigiloso. Raros cientistas independentes são os que tem a coragem de mostrar a verdade. Mas todo o Universo será abalado se aquele planeta explodir. Lembramos também que Saturno é alvo, e igualmente há reportagens chegando, sobre as absurdas alterações neste planeta. Será que já explodiram a Nave Cassini dentro dele? Se isso acontecer eles colocam fogo no planeta terra também. Enfim, eu coloco estes textos selecionados, porque quase ninguém lê a Bíblia. Muitos não sabem nem achar os textos. Outros não conseguem atinar com o encaixe dos versículos destinados ao nosso tempo final. Quanto é tão fácil discernir: se não aconteceu ainda, então vai acontecer agora, no tempo da justiça, no dia da ira, nas 70 horas do clímax final. Jesus mesmo disse que não ficará uma só letra da Escritura sem se cumprir. Nela está tudo o que Deus prevê para o final, até que tenham sido revelados até os últimos arcanos. Nada ficará escondido que não seja revelado, também isso Jesus falou. Mas isso nós somente iremos entendendo, aos poucos, na medida em que o Espírito Santo assim o decidir.
       
    Jeremias 1 14 Disse-me o Senhor: É do norte que vai transbordar a desgraça sobre todos os habitantes da terra. 15 Pois vou convocar todos os povos dos reinos do norte – oráculo do Senhor. Eles virão, e cada um estabelecerá seu sólio diante das portas de Jerusalém, em torno de suas muralhas, e de todas as cidades de Judá.16 Eu os condenarei pelos males que cometeram, por me haverem abandonado, ofertando incenso a outros deuses e adorando a obra de suas mãos. Jeremias 51 Percorrei as ruas de Jerusalém, olhai, perguntai; procurai nas praças, vede se nelas encontrais um homem, um só homem que pratique a justiça e que seja leal; então eu perdoarei a cidade. 2 Mesmo quando juram: Pela vida de Deus!, é para prestar falso juramento. 3 Senhor, não se compraz o vosso olhar em contemplar a lealdade? Vós os feris, e eles não sentem a dor; vós os abateis, e recusam aceitar a correção. Mais duro que o rochedo apresentam o semblante, recusando converter-se. 4 E a mim mesmo eu dizia: são apenas vulgares e insensatos, porque não conhecem os caminhos do Senhor, a lei do seu Deus. Jeremias 520 Anunciai isto à casa de Jacó, proclamai o que segue à terra de Judá: 21 escutai bem, povo insensato e sem inteligência: vós que tendes olhos para não ver e ouvidos para não ouvir: 22 Não temeis a minha face? – oráculo do Senhor. Não tremeis diante de mim, eu que fixei a areia como limite ao mar, barreira eterna que não será ultrapassada? Por mais que se lhe agitem as ondas, são impotentes, murmuram, mas não vão além; 23 enquanto tiver esse povo um coração indócil e rebelde, recuará e ir-se-á embora. 24 E em seu coração não dirá: temamos ao Senhor, nosso Deus, que no tempo devido nos manda a chuva do outono e a chuva da primavera, e nos garante as semanas destinadas à colheita. 25 Foram vossas iniquidades que alteraram essa ordem, vossos pecados que vos privaram desses bens. Jeremias 613 Na verdade, do maior ao menor, todos se entregam aos ganhos desonestos; desde o profeta ao sacerdote praticam todos a mentira; 14 tratam com negligência as feridas do meu povo, e exclamam: Tudo vai bem! Tudo vai bem!, quando tudo vai mal. 15 Assim serão confundidos pelo procedimento abominável, mas a vergonha lhes é desconhecida, e já não sabem o que seja enrubescer; cairão, portanto, com os que tombarem, e perecerão no dia em que os castigar – oráculo do Senhor. 16 Assim fala o Senhor: sustai vossos passos e escutai; informai-vos sobre os caminhos de outrora, vede qual a senda da salvação; segui-a, e encontrareis a quietude para vossas almas. Responderam, porém: Não a seguiremos! 17 Coloquei sentinelas junto de vós, ficai atentos ao som das trombetas. E eles responderam: Não lhes prestaremos ouvidos! Jeremias 622 Assim fala o Senhor: Eis que do norte surge um povo, e dos confins do mundo ergue-se uma grande nação. 23 Manejam o arco e o dardo, e são cruéis e sem compaixão. Seus urros assemelham-se ao bramido do mar; e montarão em cavalos, dispostos a combater como um só homem contra ti, filha de Sião. 24Ante tal notícia caíram-nos os braços, a angústia apossou-se de nós, como as dores de uma mulher no parto. 25 Não saiais para o campo, nem andeis pelos caminhos, porquanto o inimigo empunha a espada, e por toda parte reina o pavor. 26 Ó filha de meu povo, veste o saco, revolve-te nas cinzas. Cobre-te de luto como se fora por um filho único, e ecoem teus amargos gemidos, porquanto vai cair de repente sobre nós o devastador. 27 Qual experimentador de metais, coloquei-te entre meu povo, para que lhe conheças e examines a conduta. 28 São rebeldes entre rebeldes, caluniadores, depravados e de coração duro como o cobre e o ferro. Jeremias 87 Até a cegonha pelo ar reconhece a estação, e as rolas e as andorinhas são fiéis à migração. O meu povo, porém, não conhece a lei do Senhor. 8Como podeis dizer: Somos sábios, e temos conosco a lei do Senhor? Na verdade foi a mentira que fez desta lei o estilete enganador dos escribas. 9 Os sábios consternados e confundidos ficarão cobertos de vergonha, por haverem repelido a palavra do Senhor; qual seria então a sabedoria deles? 10 Eis por que a outros darei suas mulheres, e seus campos a novos donos, já que, do menor ao maior deles, todos se entregam aos lucros desonestos. Desde o profeta até o sacerdote, praticam todos a mentira. 11 Tratam sem cuidado da ferida da filha do meu povo, e dizem: Vai tudo bem! Vai tudo bem! quando vai tudo mal. 12 Pelo seu proceder abominável serão confundidos, mas nem ao menos conhecem a vergonha, e nem o que seja enrubescer. Assim como os que caem, tombarão também e perecerão no dia do castigo – oráculo do Senhor. Jeremias 9, 16 Eis o que diz o Senhor dos exércitos: tratai de chamar as carpideiras para que venham. E que venham as mais hábeis e não tardem, 17 para que, sem demora, entoem sobre nós suas lamúrias, e se fundam em lágrimas nossos olhos, e a água brote de nossas pálpebras, 18 pois que seu canto fúnebre se elevou em Sião: Por que fomos assim devastados? Cheios de vergonha, devemos abandonar a terra, já que foram derrubadas nossas casas. 19 Mulheres, escutai a palavra do Senhor. E que vossos ouvidos compreendam o que sua boca profere! Ensinai a vossas filhas essa lamentação; cada uma ensine à companheira esse canto fúnebre: 20A morte assomou às nossas janelas, introduzindo-se em nossos palácios, exterminando crianças nas ruas e jovens nas praças públicas. 21 Cadáveres humanos jazem como esterco nos campos, como feixes atrás do segador. E ninguém os recolhe Jeremias 1010 O Senhor, ao contrário, é verdadeiramente Deus, Deus vivo, eterno rei. Treme a terra ante a sua cólera, e os povos pagãos não podem suportar sua ira. 11 (Dir-lhes-eis, portanto: os deuses que não fizeram o céu e a terra desaparecerão da terra e de sob os céus.) 12 Só ele criou a terra pelo seu poder e consolidou o mundo pela sua sabedoria, desdobrando os céus pela sua inteligência. 13 Ao som de sua voz, reúnem-se as águas nos céus; dos confins da terra manda subir as nuvens, e transforma os relâmpagos em chuvas, fazendo desencadearem-se os ventos de seus redutos. 14 Então, os homens se tornam estupefatos e aturdidos, e se envergonha o artista da estátua que concebeu, porque são apenas mentira os ídolos que fundiu, e neles não respira vida. 15 São apenas vãos simulacros que se desvanecerão no dia do castigo. Jeremias 1017 Apanha da terra o teu fardo, tu que estás sitiada! 18 Pois assim falou o Senhor: lançarei ao longe, de uma vez, os habitantes desta terra, e os acompanharei de perto para que me encontrem. 19 Ai de mim, por causa de minha ferida! É bem dolorosa a minha chaga! Eu havia dito: fosse apenas esse o meu mal, eu o suportaria! 20 Foi devastada a minha tenda, e suas cordas todas se romperam. Abandonaram-me meus filhos, e não mais existem; ninguém mais tenho para levantá-la, e de novo erguer meu pavilhão. 21 Na verdade, são néscios os pastores; não procuram mais o Senhor. Por isso não logram êxito e dispersaram-se os seus rebanhos. 22 Eis que se propaga um grande rumor, e o eco de um imenso tumulto vem do norte para transformar as cidades de Judá num deserto, num covil de chacais.  Jeremias 127 Deixei minha família, abandonei minha herança, e releguei a mãos inimigas o que de mais caro possuía o meu coração. 8 Meu povo foi para mim qual leão na floresta, a rugir contra mim: eis por que o tenho em aversão. 9 Será minha herança qual abutre matizado cercado de aves de rapina? Vamos! Reuni todos os animais selvagens, e conduzi-os à carniça! 10 Pastores, em grande número, destruíram minha vinha, e pisaram minhas terras, transformando em horrível deserto minha encantadora propriedade. 11 Tornaram-na uma solidão e apresentaram-na a meus olhos enlutada e devastada. Desolada ficou toda a terra, pois que ninguém mais a toma a peito. 12 De todos os cantos do deserto surgem os devastadores. A espada do Senhor dizima a terra inteira, e para ninguém haverá salvação. 13Semearam trigo, e só colheram espinhos, fatigando-se inutilmente. Foi-lhes decepcionante a colheita, por causa da grande cólera do Senhor. Jeremias 141 Eis o que diz o Senhor a Jeremias a propósito da seca: 2 Judá está coberta de luto, e às suas portas enlanguesce o povo, a cabeça pendida para a terra. De Jerusalém se levanta um clamor de angústia. 3 Os grandes da cidade enviaram os servos à procura de água. Encaminham-se estes às cisternas; água, porém, não encontram, e voltam com os recipientes vazios, envergonhados, confundidos, cobertas as cabeças. 4 Fende-se o solo todo, porque a chuva não rega a terra. Decepcionam-se os lavradores e cobrem suas cabeças. 5 Até a corça no campo abandona a cria, por falta de pastagem. 6 Mantêm-se nos montes os asnos selvagens, aspirando o ar como chacais. Seus olhos perderam o brilho, pois que não há erva. Jeremias 231 Ai dos pastores que deixam perder-se e dispersar-se o rebanho miúdo de minha pastagem! – oráculo do Senhor. 2 Por isso, assim fala o Senhor, Deus de Israel, acerca dos pastores que apascentam o meu povo: Dispersastes o meu rebanho e o afugentastes, sem dele vos ocupar. Eu, porém, vou ocupar-me à vossa custa da malícia de tal procedimento – oráculo do Senhor. 3 Reunirei o que restar das minhas ovelhas, espalhadas pelos países em que as exilei e as trarei para as pastagens em que se hão de multiplicar. 4 Escolherei para elas pastores que as apascentarão, de sorte que não tenham receios nem temores, e já nenhuma delas se extravie – oráculo do Senhor. Jeremias 239 Aos profetas. Parte-se dentro de mim o coração, e se me abalaram todos os ossos. Assemelho-me a um ébrio, qual homem prostrado pelo vinho, por causa do Senhor e de sua palavra santa. 10 A terra está cheia de adultérios e está em luto esta terra maldita. As pastagens do deserto ressecaram e os homens correm para o mal. É a iniquidade que lhes dá forças. 11 São profanos o próprio profeta e o sacerdote. Até no meu templo encontro sua perversidade – oráculo do Senhor. 12 Por isso o seu caminho será como um caminho escorregadio nas trevas, e lá se entrechocarão e hão de cair. Pois precipitarei a desgraça sobre eles no ano em que os castigar – oráculo do Senhor. Jeremias 2316 Eis o que diz o Senhor dos exércitos: não escuteis os profetas que vos transmitem vãos oráculos; são visões do próprio espírito que vos divulgam, e não as palavras do Senhor. 17 Não cessam de proclamar aos que me desprezam: Oráculo do Senhor: tudo irá bem para vós! e aos que seguem, obstinadamente, as tendências do coração dizem ainda: Nada de mal vos acontecerá. 18 Mas qual deles assistiu à deliberação do Senhor? Quem o viu, e lhe escutou a palavra? Quem a ouviu e lhe prestou atenção? 19 Ora, eis que explode a tempestade do Senhor, o seu furor, e a tormenta que redemoinha, prestes a cair sobre a cabeça dos maus. 20 Não se acalmará a cólera do Senhor, enquanto não se executarem e cumprirem seus desígnios. Somente nos dias que virão os entendereis plenamente. 21 Não enviei tais profetas: são eles que correm; nem jamais lhes falei; e, no entanto, proferiram oráculos. Jeremias 2530 E assim profetizarás: Ruge o Senhor do alto do céu, e de sua morada santa faz ouvir a sua voz. Ruge contra o seu rebanho, e lança o grito do pisador contra todos os habitantes da terra. 31 Estende-se o tumulto até os confins do mundo, pois que o Senhor está em litígio com as nações. Entra em processo contra toda carne, entregando à espada os maus – oráculo do Senhor. 32 Eis o que diz o Senhor dos exércitos: eis que o flagelo vai estender-se de nação em nação. E dos confins da terra vai desencadear-se violenta tempestade. 33 Aqueles que o Senhor nesse dia tiver atingido, de uma a outra extremidade da terra, não serão chorados, nem recolhidos e sepultados, jazendo no solo qual esterco. 34 Brami, pastores, gritai! Rolai na poeira, chefes do rebanho! Pois que chegou o dia de vossa destruição, e caireis como carneiros escolhidos… 38, ..a terra vai transformar-se em deserto, sob os golpes do gládio destruidor, e da ardente cólera do Senhor Jeremias 4839 Tudo é ruína! Gemei! Quão vergonhoso é para Moab baixar assim a cerviz! Tornou-se Moab objeto de escarmento, e de pavor para todos os vizinhos! 40 Porquanto, assim diz o Senhor: o inimigo, como águia, toma vôo, estendendo as asas sobre Moab; 41 tomam-se-lhe as cidades, arrebatam-se-lhe as fortificações, e o coração dos guerreiros de Moab será naquele dia semelhante ao coração da mulher em parto. 42 Moab foi riscado do número dos povos, porque desafiou o Senhor. 43 O terror, o fosso e o laço acercam-se de ti, ó moabita – oráculo do Senhor. 44 Quem fugir do terror cairá no fosso, e o que escapar do fosso será apanhado no laço! Porque trarei sobre ele, sobre Moab, o ano do seu castigo – oráculo do Senhor. Jeremias 4916 O terror… o orgulho do teu coração enganou-te, a ti, que habitas nas concavidades dos rochedos, e que ocupas o cume das colinas. Ainda que colocasses teu ninho tão alto quanto o da águia, de lá te precipitaria – oráculo do Senhor. 17 Será transformada Edom em objeto de espanto, e o transeunte, estupefato, mofará de suas ruínas. 18 Repetir-se-á a catástrofe de Sodoma e Gomorra, e das cidades vizinhas – oráculo do Senhor. Ninguém mais habitará lá e nenhum ser humano a povoará. 19 Qual leão (o inimigo) que sobe dos espinheiros do Jordão para uma pastagem sem fim, assim, num instante, farei fugir daqui (Edom) e aí estabelecerei aquele que eu escolher. Quem se iguala a mim? Quem poderia provocar-me? Qual o pastor que poderia afrontar-me? 20 Escutai a decisão do Senhor acerca de Edom, e seus desígnios contra os homens de Temã: serão arrastados para a morte, como débeis cordeiros, e seus campos serão devastados; 21ao estrondo de sua queda, treme a terra e até o mar Vermelho ressoa o seu fragor. Jeremias 29, 28 Eis o que diz o Senhor: Erguei-vos! Atacai Cedar! Aniquilai os filhos do oriente! 29 Sejam-lhes as tendas arrebatadas e os rebanhos! E que se lhes tirem os pavilhões, bagagens e camelos ao grito de: Que o terror se espalhe! 30 Salvai-vos! Fugi a toda pressa, ocultai-vos em esconderijos, habitantes de Asor – oráculo do Senhor. 31 Erguei-vos! Atacai um povo pacífico que vive em segurança – oráculo do Senhor – e que habita sozinho, sem portas nem ferrolhos. 32 Sejam seus camelos a vossa presa e seus rebanhos numerosos o vosso espólio! Espalharei por todos os ventos esses homens de cabelos raspados, e de toda parte lançarei sobre eles a desgraça, – oráculo do Senhor. 33 Asor tornar-se-á guarida de chacais, eterna solidão onde ninguém mais habitará, e onde doravante nenhum ser humano permanecerá. Jeremias 5021 Sobe contra a terra de Merataim e contra a população de Pecod. Devasta, extermina – oráculo do Senhor - 22 Tumulto de guerra no país, desastre imenso. 23 Como foi feito em pedaços o martelo que feria o mundo inteiro? Como se transformou Babilônia em objeto de pasmo entre as nações? 24 Lancei-te a rede e, sem o saberes, foste colhida de improviso, Babilônia. Eis-te apanhada e presa, por haveres provocado o Senhor. 25 Abriu o Senhor seu arsenal para dele tirar as armas de sua indignação, porque o Senhor dos exércitos tem algo a fazer contra a terra dos caldeus. 26 Vinde contra ela de todos os confins, abri seus celeiros, amontoai em feixes, e tudo exterminai sem que reste coisa alguma. 27 Matai todos os seus touros! Que desçam ao matadouro! Ai deles, porque o seu dia chegou, o tempo do seu castigo! Jeremias 5040 Acontecer-lhe-á como no tempo em que Deus destruiu Sodoma, Gomorra e as cidades vizinhas – oráculo do Senhor. Ninguém mais aí habitará, e nenhum ser humano a povoará. 41 Eis que do norte acorre um povo: uma grande nação e reis numerosos erguem-se dos confins da terra, 42 armados de arcos e de setas. São cruéis e sem piedade; o barulho que fazem assemelha-se ao rugido do mar. Montados em cavalos alinham-se em ordem de batalha contra ti, filha de Babilônia. Jeremias 5112 Levantai bandeira sobre os muros de Babilônia! Reforçai a guarda! Colocai sentinelas! Armai emboscadas! Porque o Senhor executa o plano que concebeu, a ameaça que proferiu contra os babilônicos. 13 Tu que te assentas sobre as grandes águas, e que possuis imensos tesouros, chegou teu fim. Acabaram-se as tuas rapinas. 14 Jurou-o o Senhor dos exércitos, por si mesmo: Encher-te-ei de homens tão numerosos como gafanhotos, que lançarão gritos triunfantes sobre ti. 15Criou ele a terra por seu poderio; firmou o mundo com a sua sabedoria, e em sua inteligência estendeu os céus. 16 Ao som de sua voz acumularam-se as águas nos céus; dos confins da terra faz subirem as nuvens, resolve em chuvas os relâmpagos, e de seus reservatórios tira os ventos. 17 Atônitos ficam, então, os homens. Envergonha-se o artífice da estátua que modelou, porque os ídolos que fundiu não passam de mentiras, e não possuem vida. 18 São apenas vãos simulacros, que se desvanecerão no dia do castigo. Jeremias 5141 Como foi tomada Sesac, e vencida a glória de toda a terra? Como se tornou Babilônia objeto de horror, no meio das nações? 42 Subiu o mar contra Babilônia, e ela foi coberta pela multidão de suas ondas. 43 Tornaram-se desertos seus arredores, terra árida e desolada, onde ninguém mais há de morar, e nenhum ser humano habitar. 44 Castigarei Bel em Babilônia tirando-lhe da boca o que havia comido. E dela não se acercarão mais as nações. Eis que se desmorona a muralha de Babilônia! 45 Sai de lá, povo meu! Salve cada um a própria vida, ante a cólera ardente do Senhor! 46 Não se desfaleça o vosso coração. Não tenhais medo das notícias que se farão ouvir na terra. Durante um ano um rumor far-se-á ouvir e outro rumor no ano seguinte: Violências na terra, tirano contra tirano. Jeremias 5152 Eis por que virão dias – oráculo do Senhor – em que me lançarei contra os ídolos de Babilônia e em que, na terra inteira, gemerão aqueles que são massacrados. 53 Ainda que Babilônia atingisse os céus e sua alta fortaleza se tornasse inacessível, os devastadores, sob minhas ordens, não deixarão de alcançá-la – oráculo do Senhor. 54 Eleva-se de Babilônia um clamor, e da Caldéia irrompe um tumulto de grande desastre. 55 É o Senhor quem devasta Babilônia, fazendo-lhe calar o ruído das vozes. Bramem como torrentes de água as suas ondas e ressoam os seus gritos, 56 porquanto contra Babilônia se arrojou o devastador. Foram presos os guerreiros e quebrados os seus arcos, porque o Senhor, que é o Deus das contas, não deixará de lhes dar a paga. 57 Embriagarei seus chefes e seus sábios, seus governantes, oficiais e guerreiros que dormirão um sono eterno e jamais despertarão! – Oráculo do rei, cujo nome é Javé dos exércitos. Jeremias 5160 Havia Jeremias escrito num livro todas as calamidades que haveriam de atingir Babilônia e todas as predições 61 E disse, então, a Saraías: Quando chegares a Babilônia, procurarás um meio de ler todas essas palavras. 62 Assim, dirás: Senhor, fostes vós que declarastes a destruição desta cidade, que se tornaria inabitável para 63 E quando terminares a leitura do que nele se acha escrito, tu o ligarás a uma pedra e o lançarás ao Eufrates, dizendo: assim será mergulhada Babilônia, sem que jamais se possa erguer da calamidade que lançarei contra ela. (E cairão extenuados.) Fim dos oráculos de Jeremias…
      É preciso ler cada parágrafo e meditar sobre ele. Cada um traz mensagens sobre nosso tempo, porque a grande maioria destes oráculos está até hoje completamente “virgem”, ou seja, não aconteceu nada parecido, ao qual se pudesse comprar. E como nada ficará sem se cumprir, então é para agora. Mas alguém dirá: estas cidades com nomes de Caldéia, Merataim, Moab, Cedar, Azot, elas não existem mais. Sim, mas este grito serve para toda e qualquer cidade de hoje, porque será castigada pelos mesmos crimes. E quanto a Babilônia? Este referência é para o mundo inteiro, para a civilização atual, que vive todos os descalabros denunciados pelo profeta. Acaso não é que a transgressão às leis do Senhor se tornaram regra, e que o próprio Deus é feito motivo de escárnio? Não cumpriremos! Não te seguiremos mais! Eis os mesmos gritos dos anjos rebeldes. Adulteram, roubam, mentem, matam até por cínico prazer e ainda dizem “o Senhor não vê, o senhor não liga para isso!”. O mundo vai de mal a pior, a moral despenca até o báratro, e eles dizem “tudo vai bem, tudo vai, quando tudo vai mal.” Falos profetas metem dizendo que o Senhor falou isso e aquilo, quando não mandou dizer nada. Estes confundem aqueles verdadeiros, que são tidos por loucos, quando o mais louco de todos os profetas foi o próprio Jesus. Sobre o planeta arma-se a borrasca, do norte vem a guerra, entretanto a Igreja se cala, justamente ela que deveria nos alertar. Na Missa se pede para estarmos atentos aos sinais de Deus, mas bilhões escutam isso e tudo entra por um ouvido e sai pelo outro. Ou sai pela boca como mentiras, dizendo que “Deus não vai permitir uma coisa destas”, ou que “isso ainda vai demorar muito tempo”. Será mesmo que vai? Hoje mesmo eu lia uma mensagem destas de profetas do exterior, onde o Céu alerta para uma proximidade gritante dos acontecimentos, apelando para que ninguém deixe a conversão para a última hora, porque não dará tempo, nem Deus a ouvirá.  É por isso que temos que gritar sobre os telhados aquilo que vamos descobrindo e aprendendo, porque é nisso que consiste a semeadura, e para que colheita divina seja farta. Há um reino de paz e de amor nos esperando na frente e tanto mais fantástico ele será quanto maior for nosso empenho em busca-lo. Por isso, não fiquemos assim tão preocupados com os acontecimentos futuros, apenas tenhamos a certeza absoluta, plena, inarredável de que Deus está no comando de tudo, e que Ele JAMAIS nos enganaria. Se Ele disse que tudo o que anunciamos irá acontecer em breve, é porque ASSIM SERÁ, apenas um pouquinho diferente do que qualquer um pode imaginar. De fato, somos cegos, e não percebemos a letra divina, como escreve com perfeição, e como tantas vezes nós a entendemos de forma diferente. Basta, porém, uma centelha de Luz do Espírito Santo, e entendemos como tudo é fácil, simples, e que somos nós que complicamos. Rezemos todos para termos esta luz, assim entenderemos aos poucos os mistérios do fim, e isso nos dará uma imensa alegria. Que Deus vos abençoe a todos… (Aarão)

    Fonte: Recados Aarão