Artigos Santos

As almas do Purgatório e Santa Gertrudes

Escrito por Mateus
Santa Gertrudes, esposa tão agraciada do Senhor, havia oferecido todos os seus méritos e boas obras às pobres Almas do Purgatório; e para que os sufrágios tivessem mais eficácia e fossem mais agradáveis a Deus, suplicava a seu divino Esposo que lhe manifestasse para qual Alma devesse satisfazer
Miguel Cabrera, Santa Gertrudis, 1763 Mexico
Miguel Cabrera, Santa Gertrudis, 1763, Mexico.

Pe. José Mach, S. J. – San Miguel Arcángel | Adelante la Fe | Tradução Sensus fidei: Santa Gertrudes, esposa tão agraciada do Senhor, havia oferecido todos os seus méritos e boas obras às pobres Almas do Purgatório; e para que os sufrágios tivessem maior eficácia e fossem mais agradáveis a Deus, suplicava a seu divino Esposo lhe manifestasse por qual Alma devesse satisfazer. Sua Divina Majestade lhe concedia, e a Santa multiplicava orações, jejuns, cilícios, disciplinas e outras penitências, até que aquela determinada alma saísse do Purgatório. Livrada uma, pedia ao Senhor que lhe assinalasse outra; e assim conseguiu livrar muitas daquele fogo horrível. Estando já a Santa de idade avançada, sobreveio-lhe uma forte tentação do inimigo que lhe dizia:

— Infeliz de ti! Tanto que tens aplicado às Almas do Purgatório, e ainda não satisfizeste por teus pecados! Quando morreres, que penas e tormentos te aguardam!

Este pensamento não deixava de fatigá-la, quando Cristo Nosso Senhor lhe apareceu e a consolou, dizendo:

— Gertrudes, minha querida filha; não temas: os sufrágios que tu ofereceste às Almas do Purgatório, foram-me agradáveis; tu não perdeste nada; pois em recompensa não só te perdoo as penas que ali devias padecer, mas ainda aumentarei tua glória em muitíssimos graus. Não prometera Eu dar cem por um, pagando meus fiéis servidores com boa medida, abundante e justa? Pois vê, Eu farei com que todas as Almas libertadas com tuas orações e penitências te recebam com muitos Anjos na hora da tua morte, e que, acompanhada deste numeroso e brilhante cortejo de bem-aventurados, entres no triunfo da glória.

Sobre o autor

Mateus

  • José Osivan Barbosa de Lima

    Por isso que é bom rezar pelas almas do purgatório.