Artigos E Jesus ficou de fora..

Apostasia: Bergóglio cita em encíclica ambiental, pensamento de mestre islâmico

Escrito por Mateus

apostasia 

Nota de www.rainhamaria.com.br

Recebi uma mensagem do meu amigo na fé, o Dr. Davio Antonio Zarzana Júnior

Caro Dilson,  a Paz.

Devemos rezar mais pelo Papa.

Ele citou na encíclica ambiental publicada hoje, “Carta Encíclica Laudato Si”, na nota de rodapé 159, o pensamento do “mestre espiritual islâmico Ali Al-Khawwas”.

Que eu saiba, o pensamento de alguém que não crê em Jesus e Nossa Senhora não poderia servir de suporte ou de exemplo/modelo para a elaboração de textos que passarão a integrar o Magistério. Será que estou errado?

Atenciosamente, e que Nossa Senhora de Fátima rogue por nós.

================================

Nota final de www.rainhamaria.com.br

Por Dilson Kutscher

Uma encíclica citando um “mestre espiritual islâmico”?

Infelizmente devemos lembrar o seguinte:

Francisco declarou recentemente aos muçulmanos: “As pessoas devem ter”a liberdade de escolher a religião que julgam ser verdadeira” (CNS News noticias)

Lembrando que cristãos e muçulmanos não têm o mesmo conhecimento de Deus, porque eles não estão ligados à mesma Revelação, não ouvem a mesma Palavra. O Deus do cristianismo é um ser de relação: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Três Pessoas tão ligadas entre Si, que são, conjuntamente e cada uma, o único e mesmo Ser Divino.

De fato, o islamismo nega não somente a Trindade, mas também a divindade de Jesus, sua morte e sua ressurreição e, portanto, a Redenção.

Dizia Santo Agostinho: Que morte pior há para a alma do que a liberdade do erro?

Francisco é como a “casa que foi construida na areia”, não tem suporte na Palavra de Deus, na Sagrada Escritura, nem nas tradições de 20 séculos de Igreja, nos Santos, Doutores e Papas, fiéis ao Magistério da Igreja, portanto…

“Caiu a chuva, vieram as enchentes, sopraram os ventos e investiram contra aquela casa; ela caiu e grande foi a sua ruína”. (São Mateus 7, 27)

Portanto também…

“Desse modo, serão julgados e condenados todos os que não deram crédito à verdade, mas consentiram no mal”. (II Tessalonicenses, 2, 12)

O “deus” que Francisco proclama é um “deus estranho”…que agrada aos homens…que os convida a seguir todos os caminhos para encontrar DEUS. (este é o “deus” ecumênico que o Anticristo deseja para a humanidade)

A missão de Francisco é confundir as pessoas, difundir o erro e destruir o Catolicismo sob a guisa de ser “misericordioso” e “humilde”.

Ah, sr. Kutscher, mas Francisco inclusive está promovendo o julgamento de padres e bispos pedófilos…

Francisco faz o tipo “bate e assopra”.

Interessante que ele no popular acende uma vela para DEUS e duas para o diabo.

SIM, pois, julga os pedófilos da Igreja, mas vai a uma paróquia em Roma, saindo de um carro, de mãos dadas com um padre que frequenta as paradas gays na Europa, que defende o casamento gay e também a adoção de crianças pelos gays, interessante isto, não!?

 

Ainda não pune, nem ao menos adverte, um Cardeal que deu a Santa Eucaristia aos homossexuais durante uma missa, depois o recebeu de aos beijos e abraços no Vaticano, interessante também, não!?

n/d

n/d

 

Ainda nomeia um padre defensor da ordenação de mulheres, e celebrante de missas gays, como seu consultor do Pontifício Conselho de Justiça e Paz, muito interessante, não!?

Vamos lembrar novamente o seguinte…

No lava-pés, Francisco caiu em pecado grave, pois, aprova que um fiel “fique” no gravíssimo pecado do homossexualismo, já que ele lavou o pés de um transexual, significando não se importar de ver o fiel viver neste pecado condenado pela Sagrada Escritura; o que importa é fazer o bem para agradar aos homens e não a Deus.

n/d

Porque, diz na Sagrada Escritura:

“Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher: isso é uma abominação” .(Levítico, 18, 22)

“Dizei somente: Sim, se é sim; não, se é não. Tudo o que passa além disto vem do Maligno”.(Mateus 5, 37)

 

DEPOIS O TRANSEXUAL AINDA RECEBEU A SAGRADA EUCARISTIA

SIM, FRANCISCO PERMITIU ESTE ATO QUE DESAFIA AO ALTÍSSIMO

n/d

“Ele lhes disse: Vós pretendeis passar por justos perante os homens, mas Deus conhece-vos os corações: porque o que para os homens é estimável, é abominável perante Deus.” (São Lucas 16, 15)

Muitos católicos modernistas dirão: “Ah, sr. Kutscher, que falta de caridade a sua“.

“Mas, como Deus nos julgou dignos de nos confiar o Evangelho, falamos, não para agradar aos homens, e sim a Deus, que sonda os nossos corações”. (I Tessalonicenses 2, 4)

Caridade seria o verdadeiro católico dizer a este “homossexual, transexual ou gay”, que ele está em gravíssimo pecado condenado pela Sagrada Escritura e que desafia ao DEUS Altíssimo. Caridade seria salvar a alma dele, faze-lo voltar para o Caminho Santo do SENHOR.

“Por minha vida – oráculo do Senhor Javé , não me comprazo com a morte do pecador, mas antes com a sua conversão, de modo que tenha a vida. Convertei-vos! Afastai-vos do mau caminho que seguis; por que haveis de perecer, ó casa de Israel”. (Ezequiel 33, 11)

Quanto ao acolhimento da Igreja para os homossexuais, seria ensinar-lhes a verdade absoluta da fé em Cristo Salvador, para salvação de suas almas. Que os homossexuais renunciassem seu modo de vida imoral e pecaminoso, renunciando as suas paixões mundanas.

“Assim serão confundidos pelo procedimento abominável, mas a vergonha lhes é desconhecida, e já não sabem o que seja enrubescer; cairão, portanto, com os que tombarem, e perecerão no dia em que os castigar – oráculo do Senhor.” (Jeremias 6, 15)

www.rainhamaria.com.br

Clique aqui para ler a Encíclica na Ìntegra

fotoisiscrucifixon

Enquanto milhares de cristãos estão sendo mortos e a cristofobia cresce no mundo, Francisco acha que o importante é salvar as plantinhas.

Pense nisso.

Fonte: Fratresinunum.com

Sobre o autor

Mateus